Política


Bolsonaro se posiciona contra Carnaval em 2022: “Por mim não teria”


Publicado 26 de novembro de 2021 às 17:42     Por Fernanda Souto     Foto Alan Santos/ PR

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se posicionou contra o Carnaval em 2022, durante transmissão ao vivo, nesta quinta-feira (25). De acordo com o chefe do Executivo, a realização da festa em 2020 ajudou na proliferação da covid-19 em todo o país.

“Por mim não teria. Em 2020, quando pouco se sabia sobre o vírus, eu declarei estado de emergência enquanto prefeitos e governadores decidiram fazer o Carnaval e o resultado foi 600 mil mortes. Mas a realização em 2022 é de competência dos prefeitos e governadores. Eles que decidem”, disse.

Com o avanço da vacinação contra a covid-19 no Brasil, e consequente diminuição das mortes e casos da doença, alguns estados discutem a realização do Carnaval em 2022. Em Sergipe as conversas se concentram nas festas de fim de ano e ainda não há previsão para pautar os debates sobre os eventos carnavalescos, conforme confirmou ao AjuNews a Superintendência de Comunicação do Estado.

De acordo com o último decreto estadual que trata das medidas restritivas para controle da pandemia, o item que trata de eventos de lazer coletivos, a exemplo de shows, blocos, micaretas e similares, o governo de Sergipe autorizou, desde do dia 1º de novembro, a realização sem restrição de horário de funcionamento, desde que respeitados o limite de 600 pessoas em ambientes fechados e de 900 em ambientes abertos.

Leia mais:
Sergipe ainda não discute realização de Carnaval em 2022



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Justiça nega recurso de Danielle em ação por danos morais de Edvaldo

Justiça
Mais Lidas


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.