Polícia


Bombeiros de Sergipe receberam mais de 1,5 mil ocorrências relacionadas a incêndios em 2019


Publicado 18 de janeiro de 2020 às 07:00     Por Redação AjuNews     Foto Divulgação / Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe

Mais de 1,5 mil chamados para combate de incêndios foram registrados no ano de 2019, de acordo com levantamento feito pelo Corpo de Bombeiros de Sergipe (CBM-SE). O número desses atendimentos representa 22% do total de ocorrências registradas pela instituição. Ao todo, dos 1.573 chamados associados a incêndios, 800 foram em vegetação. O levantamento preparado pelo CBM ainda revela que os meses de maior incidência de incêndios foram entre outubro e março, período marcado por ser de maior estiagem em Sergipe.

O tenente-coronel Fábio Cardoso explicou que muitos dos casos de incêndio tem início com a interferência do homem. “A ação humana é o grande fator que contribui para esses incêndios. Em vez de fazer uma roçagem, a pessoa opta por fazer uma queima, Tem ainda aquelas que juntam o lixo e ateiam fogo”, destacou.

O Corpo de Bombeiros de Sergipe faz um mapeamento contínuo das áreas com maior probabilidade de incêndios. “Nós mapeamos os locais de maior incidência como a Zona de Expansão, Capucho e Jabutiana. São locais em que todos os anos são recorrentes a incidência de incêndios nesta região. O que observamos é que há um aglomerado urbano e que há pessoas que ateiam fogo para a limpeza de terrenos”, citou.

O tenente-coronel solicita à população que não faça ações que possam provocar incêndios e que qualquer movimento que resulte no início de uma queimada seja comunicado ao Corpo de Bombeiros. “Pedimos a quem verificar ações que envolvam o ateamento de fogo sejam informadas em delegacias e também à corporação”.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Fernando Zor processa ex após ser chamado de ‘pai ausente’, diz colunista

Justiça
Mais Lidas
Publicidade


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.