Cidades


É falso que mulher morreu após ataque de tubarão na Praia do Saco em Sergipe


Publicado 04 de janeiro de 2021 às 17:50     Por Larissa Barros     Foto Reprodução / Google Street View

Fotos de uma mulher com ferimentos profundos estão circulando em grupos nas redes sociais, com a informação de um suposto ataque de tubarão na praia do Saco, no município de Estância, ao Leste sergipano, neste fim de semana. No entanto, a informação é falsa. O caso aconteceu na Colômbia, em dezembro de 2019.

Conforme o relatório divulgado pela assessoria da Polícia Civil, o Instituto Médico Legal (IML) não registrou nenhum caso de turista atacado por tubarão, em Sergipe, neste fim de semana.

Segundo a imprensa colombiana (rádio La FM e revista Semana), a jovem Valentina González Medina, 21 anos, morreu após ser atropelada por um iate, enquanto mergulhava nas águas do pântano de Cholón, que faz parte da ilha de Barú, na Colômbia.

De acordo com os veículos, a vítima era uma estudante de psicologia, e estava no local a passeio com um grupo de amigos. Testemunhas afirmaram que a jovem havia pulado na água com outra pessoa, a mais de 300 metros da praia, quando a hélice do iate acertou suas costas e o pescoço.

O dono do iate envolvido no acidente chegou a ser detido pela polícia, mas foi solto na manhã seguinte.

 



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

TSE suspende punições para eleitor que não votou nas eleições municipais de 2020

Justiça
Mais Lidas
Publicidade


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.