Coronavírus


‘Não comprar a vacina da covid-19 expõe a saúde e vida de todos’, diz Sindicato sobre vacinação em Sergipe


Publicado 13 de janeiro de 2021 às 02:06     Por Larissa Barros     Foto Marcello Casal Jr / Agência Brasil

A Central Única dos Trabalhadores (CUT) de Sergipe afirmou que a decisão do governador Belivaldo Chagas (PSD) de não comprar a vacina contra a covid-19 expõe a saúde e a vida de todos os sergipanos. A declaração foi divulgada em nota de repúdio, nesta terça-feira (12).

“Os sistemas público e privado de saúde já se aproximam do colapso num momento em que a contaminação em Sergipe alcança o patamar de 1.372 novos casos de covid-19 e 11 óbitos, conforme o Boletim Epidemiológico divulgado no domingo, 10 de janeiro”, diz a nota.

Na segunda-feira (11), o chefe do Executivo estadual afirmou em entrevista à Fan FM, que o Plano de Vacinação da covid-19 para Sergipe está pronto, mas que está dependendo da quantidade de vacinas que o estado irá receber por parte do Governo Federal.

“Dependemos da liberação das vacinas. Estamos aguardando a quantidade de doses que vamos receber, saber quando teremos e qual o tipo de vacina será encaminhado para Sergipe. Só depois disso é que vamos saber como agir”, afirmou em entrevista à Fan FM nesta segunda-feira (11).

Atualmente, Sergipe registrou 123.836 casos confirmados de covid-19 e 2.585 morreram em decorrência da doença. Na capital, 2.585 já foram infectadas e 927 vieram a óbito.

Leia mais:
‘O plano de vacinação da covid-19 para Sergipe está pronto, mas depende da quantidade de vacinas a receber’, afirma Belivaldo
Governo federal vai disponibilizar somente 4,8 mil doses de vacina contra covid-19 para Sergipe, diz Belivaldo



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

STF rebate Bolsonaro e diz que não proibiu governo federal de agir contra pandemia da covid-19

Justiça
Mais Lidas
Publicidade