Saúde


Prefeito de Aracaju e Conselho de Desenvolvimento Econômico discutem impacto do coronavírus no município


Publicado 19 de março de 2020 às 16:53     Por Redação AjuNews     Foto Ana Lícia Menezes / PMA

O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira se reuniu com membros do Conselho de Desenvolvimento Econômico (Comden), na manhã desta quinta-feira (19), para tratar da pandemia do novo coronavírus (covid-19), em Aracaju. No encontro, foi detalhado as medidas adotadas enfrentamento à covid-19, definidos no Plano de Contingência, e as normas estabelecidas pelo decreto municipal, para conter a disseminação da doença na cidade.

Na oportunidade, foram anunciadas as iniciativas do município para simplificar os trâmites burocráticos do processo de abertura de empresas de baixo e médio risco, assim como para o fechamento de empresas que não tem dívidas com o município. Na reunião estavam presentes o secretário da Fazenda, Jeferson Passos, a secretária da Saúde, Waneska Barboza, a Diretora de Vigilância Epidemiológica, Taíse Cavalcante e também o presidente da Câmara Municipal, o vereador Josenito Vitale.

“Estamos vivendo um momento nunca enfrentado pelas nossas gerações, em termos de consequências geradas por uma pandemia. Estamos vendo países de primeiro mundo em situação de extrema emergência e com a chegada do vírus ao Brasil, assim como em nosso estado, se faz necessário uma reação enérgica para contê-lo, o quanto antes. O coronavírus não tem ideologia, partido, cor, nada disso. Ele atinge a todos. E assim como aconteceu com as entidades de saúde, fiz questão de convidar vocês, representantes das entidades empresariais e da sociedade civil para mostrar as medidas que já estão sendo adotadas pela Prefeitura e para que possamos nos unir nesta luta que será difícil, mas que venceremos”, enfatizou o prefeito.

Durante a apresentação do Plano de Contingência, Edvaldo explicou as etapas que deverão ser seguidas de acordo com os avanços do coronavírus na capital, a exemplo do fluxograma de atendimentos nas unidades de saúde para os pacientes sintomáticos. Além disso, comentou sobre as medidas que devem ser tomadas na capital.

“É um plano muito bem elaborado que estabelece medidas para todas as etapas. É um plano que nos coloca à frente e que mostra que estamos preparados, porque ele atende a todas as consequências. Da mesma forma, elaboramos um decreto municipal que estabelece medidas para o enfrentamento ao coronavírus na capital. Entre elas estão a suspensão das aulas na rede municipal e particular por 15 dias, a suspensão das atividades em cinemas, teatros, casas de show e academias, o cancelamento da programação festiva pelo 165 anos de Aracaju, a criação do 156 para orientações sobre o coronavírus, a criação de um conselho de operações e a disponibilização de 1 mil serviços online para que as pessoas não precisem se deslocar. Ou seja, medidas para restringir a circulação dos aracajuanos e conter a disseminação do vírus”, detalhou.

O prefeito ainda propôs a criação de um grupo no WhatsApp com o intuito de debater soluções para a atual situação. “Estou completamente debruçado nas questões sobre o coronavírus. A Prefeitura não vai parar, mas estou voltado para este problema. Quero unir a cidade nesse enfrentamento. Tenho resiliência, coragem e vontade de trabalhar. Conto com o Comden para trocarmos ideias, sugestões e para que possamos tomar providências, juntos. O mundo será outro depois que essa pandemia passar, mas conheço o meu papel e vou honrá-lo, dignamente. Farei de tudo para que possamos passar por essa questão da melhor maneira e com a ajuda de cada um de vocês, tenho certeza de que conseguiremos”, disse.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Por divulgação de obra no Japãozinho, Justiça determina que Edvaldo exclua vídeo das redes sociais

Justiça
Mais Lidas
Publicidade


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.