Economia


Sindicato critica baixa remuneração a psicólogos em processo seletivo e TCE-SE esclarece


Publicado 21 de novembro de 2020 às 17:00     Por Fernanda Sales     Foto Divulgação / Tribunal de Contas de Sergipe

O Sindicato dos Psicólogos do Estado de Sergipe (Sinpsi-SE) criticou, por meio de nota, a remuneração de R$ 1.045 reais aos psicólogos que serão selecionados por meio do Processo Seletivo Simplificado nº 01/2020, realizado pelo Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE-SE). Após questionamentos, o presidente do TCE, conselheiro Luiz Augusto Ribeiro, fez esclarecimentos na quinta-feira (19), informando que o vencimento básico mais as verbas indenizatórias superam o valor de três mil reais.

Segundo a nota, por não obedecer a tabela nacional, o órgão está desvalorizando a categoria. “O valor descrito no tal edital, com a remuneração de R$ 1045,00, desvaloriza os profissionais de Psicologia, assim como toda a categoria dos profissionais de saúde, que são reconhecidos mundialmente por seus méritos”.

Ainda de acordo com o documento, os profissionais de psicologia atuam em diversas áreas da sociedade, principalmente na linha de frente no amparo aos profissionais de saúde contra a pandemia mundial da covid-19. “A categoria sempre atuou de forma honesta e responsável com as vidas humanas em diversas demandas, não só da saúde, mas da educação e da assistência social em geral. Desde do processo embrionário até a os processos finais de vida dos cidadãos”, disse o Sinpsi-SE, ressaltando também que para o exercício da profissão é obrigatório a formação em nível de ensino superior, constante especialização, contato e pesquisa no conhecimento das áreas específicas.

A nota destacou as diversas áreas de atuação dos psicólogos, como nas áreas desportiva, clínica, hospitalar, psicopedagógica, psicomotricidade, social, neuropsicológica e jurídica.

O sindicato informou que não foi consultado e ouvido. “Reafirmamos que a tabela de referência nacional sobre o serviço prestado pela categoria, a exemplo da tabela da FENAPSI, Federação Nacional dos Psicólogos ou pela convenção sindical não está sendo obedecida. A não revisão do salário oferecido é um desrespeito à sociedade. Esperamos que o edital seja corrigido e o devido respeito seja reestabelecido”, concluiu.

TCE-SE
De acordo com o conselheiro presidente do TCE, no valor a título de vencimento, de R$ 1.045, “não estão incluídos auxílio saúde e o auxílio alimentação, verbas de natureza indenizatória que são pagas aos servidores efetivos, comissionados e cedidos e, posteriormente, aos contratados temporariamente”.

Luiz Augusto também afirmou que a necessidade de contratação dos profissionais é excepcional, temporária e “se deve ao momento pandêmico pelo qual estamos passando, estando pautada pela preocupação em não comprometer o desempenho das atividades finalísticas do Tribunal”.

Leia mais:
Após resultados nas eleições, TCE-SE determina repasse de informações e documentos para transição nas prefeituras
Após denúncia, TCE determina suspensão de licitação da Secretaria de Saúde de Sergipe

 



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Justiça condena TV Globo a pagar R$ 65,4 mil a primeira vencedora do “Caminhão do Faustão”

Justiça
Mais Lidas
Publicidade


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.