Política


Após quase três meses internado com covid-19, morre Maguito Vilela, prefeito de Goiânia


Publicado 13 de janeiro de 2021 às 08:22     Por Fernanda Souto     Foto Divulgação

O ex-governador de Goiás e prefeito licenciado de Goiânia, Maguito Vilela (MDB), morreu aos 71 anos em decorrência da covid-19, na madrugada desta quarta-feira (13). Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, lutando contra uma infecção pulmonar causada pela doença.

De acordo com a nota divulgada pela Secretaria de Comunicação de Goiás, “a família está providenciando o traslado do corpo de São Paulo para Goiás e ele deve ser sepultado em Jataí, sua terra natal”.

Maguito testou positivo para o coronavírus no dia 20 de outubro. Dois dias depois, foi internado em um hospital de Goiânia. Ele foi transferido para São Paulo após ser diagnosticado com inflamação nos pulmões e com um nível crítico de saturação de oxigênio no sangue.

No dia 30 de outubro, o político foi entubado pela primeira vez. Em 15 de novembro, data do primeiro turno das eleições, ele teve que fazer o mesmo procedimento novamente. Na ocasião, ele também passou por uma cirurgia de traqueostomia, com o objetivo de ajudar na respiração.

No dia 3 de dezembro, o prefeito testou negativo para a covid-19 e foi transferido para um leito comum de UTI. Depois, no entanto, apresentou infecção nos pulmões provocada por bactérias e fungos.

O prefeito licenciado, que havia perdido duas irmãs para a covid-19 no ano passado, deixa a esposa, Flávia, quatro filhos e quatro netos. O sepultamento está marcado para ocorrer em Jataí, cidade natal do político.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

TSE suspende punições para eleitor que não votou nas eleições municipais de 2020

Justiça
Mais Lidas
Publicidade


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.