Política


Cabo Didi irá protocolar pedido de CPI para apurar gastos da saúde de Aracaju durante pandemia


Publicado 08 de julho de 2020 às 19:15     Por Dhenef Andrade     Foto Gilson Rosas / CMA

O vereador Cabo Didi (PSC) afirmou que irá protocolar um pedido na Câmara Municipal de Aracaju (CMA) para que seja instaurada uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar possíveis irregularidades nos gastos aplicados na Saúde durante o período da pandemia do novo coronavírus (covid-19). A declaração foi feita durante uma entrevista à Rádio Web Águia, nesta terça-feira (7).

O vereador foi um dos parlamentares a protocolarem uma representação no Ministério Público Federal pedindo a abertura de investigações a respeito dos gastos com a montagem do Hospital de Campanha de Aracaju. À época, um relatório elaborado por opositores à gestão de Edvaldo Nogueira (PDT), apontava indícios ‘muito fortes’ de irregularidades no processo licitatório da unidade provisória.

Ainda nesta terça, a Polícia Federal (PF), deflagrou a operação Serôdio que cumpriu mandados de busca e apreensão na sede da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) e em Nossa Senhora do Socorro. A empresa vencedora da licitação para montagem da estrutura montada no estádio João Hora, orçada em R$ 3 milhões, foi a José Teófilo de Santana Neto Produções e Eventos, do empresário Teo Santana, irmão do presidente da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), Luiz Roberto Dantas.

Leia mais
Operação Serôdio: PF cumpre mandados em unidades da prefeitura de Aracaju
Após Operação Serôdio, oposição diz que denunciou irregularidades do Hospital de Campanha de Aracaju ao MPF



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

STF rebate Bolsonaro e diz que não proibiu governo federal de agir contra pandemia da covid-19

Justiça
Mais Lidas
Publicidade