Mundo


Dose da vacina AstraZeneca tem relação com trombose, diz agência europeia


Publicado 06 de abril de 2021 às 12:52     Por Fernanda Sales     Foto Tânia Rêgo / Agência Brasil

A vacina contra a covid-19 produzida pela AstraZeneca tem uma relação com os coágulos sanguíneos registrados em algumas pessoas que se beneficiaram da dose do imunizante. A informação, divulgada pelo colunista Jamil Chade, do Uol, foi dada por Marco Cavaleri, chefe da estratégia de vacinação da Agência Europeia de Medicamentos, numa entrevista publicada na imprensa italiana nesta terça-feira (6).

De acordo com a coluna, a agência havia liberado em março o uso da vacina, mas indicava que novos estudos deveriam ser realizados.

“Agora podemos dizer, é claro que existe uma ligação com a vacina”, disse Cavaleri ao jornal Il Messagero. Ele deixou claro que ainda não sabe o motivo dessa relação. A agência se reúne a partir desta terça para debater a situação das vacinas.

Em março, vários países europeus tinham anunciado a suspensão do uso da vacina, diante do registro de casos de trombose. Depois de uma investigação, a agência estimou que os benefícios da vacina eram superiores aos riscos que ela representava.

O mesmo posicionamento foi adotado pela OMS, que também insistiu que a vacinação com as doses da AstraZeneca não deveria ser interrompida. No caso dos países europeus, o abastecimento não é o mesmo que é oferecido ao Brasil. O governo brasileiro importa as doses de fábricas na Índia e, em alguns casos, da Coreia do Sul.

Leia mais:
Idosa recebe doses diferentes de vacina contra covid-19 em Aracaju; Secretaria de Saúde confirma erro



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Rachel Sheherazade pede R$ 19 milhões em indenização trabalhista ao SBT, diz site

Justiça
Mais Lidas
Publicidade