Mundo


Pandemia aumentou mortes entre grávidas e complicações gestacionais, aponta pesquisa


Publicado 05 de abril de 2021 às 15:01     Por Redação AjuNews     Foto Reprodução / TV Brasil

Durante a pandemia da covid-19 cresceu o número de mulheres grávidas que morreram ou tiveram complicações ou deram à luz a bebês natimortos, em comparação a anos anteriores. O estudo, conduzido pela George’s University of London, no Reino Unido, foi divulgado pelo Metrópoles nesta segunda-feira (5). Os dados foram publicados na revista científica The Lancet Global Health.

De acordo com a publicação, os pesquisadores avaliaram 40 estudos envolvendo mais de 6 milhões de gestações em 17 países, incluindo o Brasil. Os resultados variaram por país, mas uma das conclusões do trabalho é que o número de óbitos fetais aumentou 28%, enquanto o risco de mulheres morrerem durante a gravidez ou o parto subiu mais de um terço em países como México e Índia.

A análise dos dados agrupados mostrou que as taxas de natimortalidade e mortalidade materna aumentaram em aproximadamente um terço durante a pandemia em comparação com o período pré-covid. O número de mulheres que precisaram de cirurgia para gravidez ectópica (quando o óvulo fertilizado é implantado fora do útero) aumentou quase seis vezes durante a pandemia em todos os estudos.

Os cientistas também encontraram evidências de que interrupções no atendimento e o medo das pacientes de se infectarem em clínicas e serviços de saúde aumentaram o número de mortes evitáveis de mães e fetos, especialmente em países de baixa renda.

Ainda segundo o site, os indicadores de saúde mental também pioraram durante a pandemia. Dos 10 estudos incluídos na análise sobre saúde mental materna, seis relataram um aumento de depressão pós-parto, ansiedade materna ou ambos.

Leia mais:
‘Tem baby GG na área’, anunciam Lore Improta e Léo Santana



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Rachel Sheherazade pede R$ 19 milhões em indenização trabalhista ao SBT, diz site

Justiça
Mais Lidas
Publicidade