Economia


Governo libera R$ 4,1 bi para pagar auxílio emergencial a pais solteiros


Publicado 26 de dezembro de 2021 às 14:22     Por Redação AjuNews     Foto Marcello Casal Jr / Agência Brasil

Um lote extra do auxílio emergencial será pago a pais solteiros que sejam os únicos responsáveis pelo sustento dos filhos menores de idade. Para o pagamento, o governo federal liberou R$4,153 bilhões. A medida provisória 1.084 foi publicada na última sexta-feira (24) e atende à derrubada de veto do presidente Jair Bolsonaro (PL) pelo Congresso.

A liberação do dinheiro foi possível, como cita o presidente, graças à emenda constitucional 103, instituída após aprovação de parte da PEC dos Precatórios. A emenda abriu caminho para crédito extra que deverá viabilizar o Auxílio Brasil, substituto do Bolsa Família.

De acordo com o Ministério da Cidadania, ainda não há uma data prevista para o pagamento. No entanto, com a verba, a pasta diz que irá atender o que determina a lei 14.171, que é pagar o dobro do valor do auxílio emergencial para famílias monoparentais, independentemente do sexo do chefe da casa.

A consulta para saber se terá os valores poder ser feita no aplicativo ou site do auxílio emergencial. Os valores devem ser pagos em uma única cota, de forma retroativa.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.