Economia


Prorrogação do auxílio emergencial vai ser decidida nesta semana, afirma Bolsonaro


Publicado 18 de outubro de 2021 às 18:30     Por Redação AjuNews     Foto Marcos Corrêa / PR

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, nesta segunda-feira (18), que o governo deve prorrogar o auxílio emergencial. De acordo com o chefe do Executivo federal, a questão será resolvida ainda nesta semana. O benefício está previsto para acabar em novembro deste ano.

Segundo Bolsonaro, a ajuda financeira é essencial para a população desempregada, que sofreu com a pandemia do novo coronavírus (covid-19). “O mundo todo tem uma inflação acima do esperado”, afirmou. “Se não fosse o auxílio, aqueles com empregos informais teriam passado necessidades terríveis.”

O presidente explica que a extensão do auxílio tem como objetivo dar dignidade às pessoas contempladas. “O ideal seria que não tivesse nada, que todo mundo tivesse o ganha-pão, todo mundo tivesse empregado, mas as consequências da pandemia agravaram a questão”, argumentou.

Outra frente do governo federal para ajudar população é o Auxílio Brasil, substituto do Bolsa Família. As parcelas devem chegar a R$ 300 por mês. A informação foi confirmada pelo ministro da Cidadania, João Roma, em entrevista à TV Brasil. Ao todo, 17 milhões de pessoas receberão o benefício.

Ainda de acordo com o presidente da República, a questão do aumento do preço do diesel também está na pauta. As declarações foram dadas durante o lançamento da Jornada das Águas, projeto do Ministério do Desenvolvimento Regional para ações de preservação de recursos hídricos. O evento aconteceu na cidade mineira de São Roque de Minas.

Leia mais
Substituto do Bolsa Família deve beneficiar 17 milhões de brasileiros



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.