Educação


Escolas da rede pública de Lagarto recebem kits tecnológicos do Projeto Educação Sergipe Conectada


Publicado 13 de maio de 2022 às 18:00     Por Quesia Cerqueira     Foto Reprodução / Ascom Seduc

Quinze escolas públicas de Lagarto, sendo oito escolas da rede estadual e sete da rede municipal, receberam na última quinta-feira (12), kits de inovação tecnológica por meio do projeto Educação Sergipe Conectada. A iniciativa do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), em parceria com a Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc) entregaram 632 notebooks, 17 projetores multimídia e 17 carrinhos de carregamento móvel. Os investimentos nessa ação são de R$ 1.183.736,00.

O programa foi criado em 2017 com o objetivo de transformar realidades nas escolas públicas brasileiras, por meio da informação e da tecnologia. Em Sergipe, a adesão ao programa aconteceu em 2019, contemplando as escolas estaduais e municipais de Lagarto para a implementação de um projeto-piloto visando à inserção de ações, práticas pedagógicas e outras estratégias que cumprem os desafios identificados com o projeto. 

O secretário da Seduc, professor Josué Modesto dos Passos Subrinho, fez a entrega oficial dos kits e ressaltou que investir em tecnologia educacional é um passo importante para democratizar a educação, tornando-a ainda mais justa e igualitária e que devem ser utilizadas como estratégias educacionais. Também agradeceu o investimento realizado. “Cumprimento o BNDES por esse importante apoio nesta etapa do projeto, as nossas equipes que viabilizaram essa ação e, principalmente, nossos professores que vão levar essas conquistas aos nossos estudantes”.

Os equipamentos entregues serão essenciais para acesso à internet e retomada do processo formativo das equipes escolares, assim como das ações educativas com os estudantes da rede pública. 

De acordo com Juliana Kramer, gerente substituta do Departamento de Educação e Investimento Social do BNDES, a implantação do projeto em Sergipe foi apoiada em quatro dimensões diferentes: visão, formação, infraestrutura e recursos educacionais digitais.

“Hoje a gente dá um grande passo na adoção da tecnologia pelas escolas, cujas ações serão seguidas visando a estratégias que utilizam os recursos educacionais digitais. Quero fazer um convite a todos os professores para um engajamento nessa iniciativa porque percorremos um longo caminho de estruturação de projetos, e a pandemia teve efeitos bastante desafiadores, mas agora com essa retomada e a chegada desses equipamentos poderemos fazer com que esse projeto seja mais uma ferramenta nesse retorno das atividades letivas e para solucionar os desafios da educação”.

Núcleo de Tecnologias Educacionais

Na ocasião também foi entregue à comunidade escolar do Centro-Sul sergipano o Núcleo de Tecnologias Educacionais da DRE 2 (NTE). O espaço foi totalmente reformado com recursos da Seduc para abrigar um moderno centro de formação de professores, visando a práticas educacionais voltadas para estratégias em inovação tecnológica. A diretora da regional, professora Daniela Santos, informou ainda que o NTE também será ponto de apoio para as formações do Projeto Educação Sergipe Conectada. “O núcleo conta com um auditório, uma sala de reuniões para realização de videoconferências e dois laboratórios de informática, contando com 26 computadores”, frisou.

Fonte: Agência Sergipe



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Presos são premiados no 6° Concurso de Redação da Defensoria Pública da União (DPU)

Justiça
Mais Lidas


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.