Justiça


Agentes do Cenam denunciam precariedades na estrutura de alojamentos da unidade


Publicado 07 de abril de 2021 às 18:40     Por Dhenef Andrade     Foto Reprodução / Sindasse-SE

O Sindicato dos Agentes de Segurança Socioeducativo do Estado de Sergipe (Sindasse-SE) denunciaram, nesta quarta-feira (7), as condições precárias de trabalho no Centro de Atendimento ao Menor (Cenam), no bairro Capucho, na Zona Oeste de Aracaju.

Em fotos disponibilizadas em suas redes sociais, o sindicato mostra que a estrutura física dos alojamentos possuem rachaduras, mofo e infiltrações. Além de canos expostos e problemas em ar-condicionados.

“Condições de trabalho dos servidores das unidades de medida socioeducativas de Sergipe são degradantes em plena pandemia de covid-19. Agora avalia, se para os servidores a situação está assim, imagina para os internos”, diz legenda das imagens. O prédio do Cenam passou intervenções na parte física há pouco mais de um ano.

Leia mais
Sindicatos de Sergipe fazem ato para cobrar ampliação de vacinação contra covid-19 em trabalhadores



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Rachel Sheherazade pede R$ 19 milhões em indenização trabalhista ao SBT, diz site

Justiça
Mais Lidas
Publicidade