Justiça


Após gasto de mais de R$ 118 mil, TCE mira ex-vereadores de Riachuelo


Publicado 13 de fevereiro de 2020 às 18:40     Por Dhenef Andrade     Foto Divulgação / TCE-SE

Os ex-vereadores da cidade de Riachuelo, região da Grande Aracaju, Aldomiro Freire e Pedro Oliveira foram condenados a ressarcirem em mais de R$ 118 mil os cofres públicos. O caso foi julgado como procedente, em sessão realizada nesta quinta-feira (13), pela côrte do Tribunal de Contas de Sergipe (TCE-SE), após denúncia apresentada pelo Ministério Público de Contas de Sergipe. De acordo com o TCE, os vereadores e servidores da Câmara apresentaram despesas não comprovadas com inscrições em congressos e eventos realizados pela empresa privada Embraevs. 

Durante a sessão, o conselheiro Ulices Andrade, relator do processo, acatou a denúncia e votou pela devolução dos recursos públicos. Ainda de acordo com o conselheiro, das despesas apresentadas por Adroaldo Lima, durante seu mandato, R$ 50 mil não foram comprovadas, com isso o ex-parlamentar terá que devolver R$50.080,00. Já a gestão de Pedro Oliveira, segundo o TCE, havia declarado um total de R$80.800 referentes a inscrições nos eventos organizados pela empresa, valor que não foi comprovado em sua totalidade, e portanto, o ex-vereador devolverá o montante de R$ 68.639,00. Além das devoluções, os condenados terão multa de 10% sobre valor fixado para ressarcimento.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Rachel Sheherazade pede R$ 19 milhões em indenização trabalhista ao SBT, diz site

Justiça
Mais Lidas
Publicidade