Justiça


Borracheiro é condenado a mais de 11 anos de prisão por morte de quatro pessoas em Socorro


Publicado 04 de agosto de 2022 às 16:21     Por Redação AjuNews     Foto Reprodução/ TV Sergipe

O borracheiro José Naldo dos Santos Silva, acusado de matar e enterrar quatro pessoas em Nossa Senhora do Socorro, foi condenado, nesta quinta-feira (4), a 11 anos e 11 meses pelo assassinato de uma das vítimas há mais de 10 anos. Ele já tinha sido condenado a mais de 17 anos de prisão em regime fechado.

O julgamento desta quinta (4), que aconteceu no Fórum Arthur Oscar Déda, foi referente à morte de uma mulher. O corpo dela foi encontrado enterrado no quintal de um casa no Conjunto Piabeta, onde o acusado havia morado. Segundo José Naldo, a mulher era uma prostituta e foi morta depois que os dois usaram drogas juntos.

Relembre o caso
José Naldo foi preso em maio de 2019. Na ocasião, a Polícia Civil encontrou três corpos enterrados no quintal da borracharia dele, no Conjunto Marcos Freire II, e um outro em uma residência do Loteamento Piabeta.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Lixões são interditados nos municípios de Pacatuba e Brejo Grande após fiscalização

Justiça
Mais Lidas


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.