Justiça


Covid-19 é citada em quase 165 mil ações trabalhistas no Brasil em 2020, diz site


Publicado 08 de janeiro de 2021 às 08:00     Por Eduardo Costa     Foto Marcello Casal Jr./Agência Brasil

A pandemia da covid-19 também trouxe grandes mudanças no lado das ações trabalhistas. Apenas em 2020, o novo coronavírus foi citado em 164.946 processos, sendo o tema central em 24.306 deles. O valor total de todas as causas atingiu R$ 16,63 bilhões. A informação é do portal Metrópoles.

A maior parte destes processos diz respeito à falta de pagamento de verbas rescisórias em términos de contratos; e ações coletivas para um ambiente seguro de trabalho. O valor médio foi de R$ 100.829,00 por ação trabalhista. A maior quantidade entre estados está em São Paulo, com 44.117 ações, enquanto o maior valor se deu no Rio de Janeiro, com R$ 6.309.347.993.

Entre os meses de 2020, o principal foi junho, com 23.434 ações abertas ao total e seguindo em queda desde então. A queda coincide com a Medida Provisória 936 do governo federal, que permitiu a extensão de contratos de trabalho, jornada e salário.

Já dentre os segmentos que mais abriram ações, o principal deles foi o setor de indústrias de formação, com 21.627 ações trabalhistas. Em seguida estão o comércio de reparação de veículos automotores, com 21.355; e as atividades administrativas e serviços complementares, com 19.236.

Segundo o Metrópoles, tais ações que citam a covid-19 não se limitam apenas às empresas menores. Grandes indústrias também tiveram que recorrer para voltarem ao trabalho, após adotarem medidas de segurança contra a doença. Foi o caso da JBS Aves Ltda., gigante do ramo alimentício, que entrou com dois processos em junho e julho para retornar suas atividades.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

STF rebate Bolsonaro e diz que não proibiu governo federal de agir contra pandemia da covid-19

Justiça
Mais Lidas
Publicidade