Justiça


Justiça bloqueia contas bancárias de Galvão Bueno e família, diz colunista


Publicado 20 de julho de 2021 às 21:07     Por Redação AjuNews     Foto Divulgação

A Justiça bloqueou as contas do narrador Galvão Bueno após ser reconhecido um débito de mais de R$ 1,3 milhão junto a um credor. Galvão foi avalista na aquisição de um crédito em nome de sua empresa, a Virtual Promoções Participações. As informações foram publicadas pela coluna de Fábia Oliveira, no O Dia, nesta terça-feira (20).

O juiz da 9ª Vara Cível de São Paulo, Rodrigo Galvão Medina, deferiu o pedido de bloqueio das contas do narrador da Globo depois do não pagamento de duas parcelas à empresa Leste Credit. Com isso, o credor fez o pedido junto à Justiça para penhorar as contas de Galvão e de seus familiares, que também foram avalistas na aquisição do crédito.

De acordo com a reportagem, o valor do débito estaria em cerca de R$ 760 mil. Nas contas de Galvão, tinha cerca de R$ 1,4 mil, valor já bloqueado. No nome da esposa do narrador, Desirée, foram bloqueados cerca de R$ 90 mil. Além disso, foram bloqueados os valores de R$ 26, das contas da empresa Virtual Promoções e Participações Eireli, e R$ 4,3 mil nas contas em nome da filha de Galvão, Letícia.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.