Justiça


Justiça condena TV Globo a pagar R$ 65,4 mil a primeira vencedora do “Caminhão do Faustão”


Publicado 24 de novembro de 2020 às 17:22     Por Fernanda Souto     Foto Reprodução/ Globoplay

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SE) condenou a TV Globo a indenizar em R$ 65,6 mil a primeira ganhadora do “Caminhão do Faustão”. O quadro estreou em março de 1989 no programa do apresentador Fausto Silva na emissora. A informação foi divulgada pelo colunista Rogério Gentile, do portal Uol, nesta terça-feira (24).

De acordo com o processo, a emissora no seu aniversário de 50 anos, em 2015, resolveu homenagear o vencedor do primeiro “Caminhão do Faustão”, mas premiou outra pessoa. Isabel Guedes Secco provou à Justiça ter sido a “legítima merecedora dos prêmios” que foram entregues ao mecânico Fernando Jacometti, que foi homenageado no quadro “Invasão de Privacidade”.

O mecânico ganhou um carro e equipamentos para trabalhar, entregues por um caminhão do programa. A Globo terá de entregar os mesmos bens a Isabel ou o valor equivalente, cerca de R$ 65,5 mil, com acréscimo de juros.

A emissora alegou que sua intenção não era homenagear a primeira ganhadora do “Caminhão do Faustão”, mas um dos primeiros. A escolha por Fernando teria sido por causa de sua “emocionante trajetória pessoal e de interesse coletivo”.

Na sentença, a Justiça considerou o fato do apresentador Fausto Silva, durante a homenagem no “Domingão”, ter se referido a Jacometti como “o primeiro ganhador do Caminhão do Faustão” por cinco vezes. A decisão cabe recurso.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

TSE suspende punições para eleitor que não votou nas eleições municipais de 2020

Justiça
Mais Lidas
Publicidade


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.