Justiça


Justiça suspende resultado do Sisu e obriga MEC a provar que erro no Enem foi sanado


Publicado 25 de janeiro de 2020 às 07:05     Por Redação AjuNews     Foto Marcello Casal Jr/ Agência Brasil

Uma decisão liminar da Justiça Federal determina que a divulgação dos resultados do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) seja suspensa assim que as inscrições forem encerradas, o que na prática significa que os resultados não podem ser divulgados na terça-feira (28).

Além disso, determina que o governo comprove que o erro na correção das provas do Enem 2019 foi totalmente solucionado. Procurado, o Ministério da Educação (MEC) informou que a Advocacia-Geral da União (AGU) vai recorrer da decisão.

Os resultados do Sisu seriam divulgados na terça-feira. Apesar da decisão judicial, o site continua em funcionamento e os estudantes podem continuar se inscrevendo.Segundo o MEC, até as 22h de sexta-feira, foram registradas 3,1 milhões de inscrições, feitas por 1,6 milhão de pessoas.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Fachin mantém denúncia contra Lira sobre suposta propina de R$1,5 mi

Justiça
Mais Lidas
Publicidade