Justiça


Record paga R$ 52 mil de indenização por exibir acusados de homicídio com roupas íntimas


Publicado 08 de janeiro de 2021 às 13:29     Por Fernanda Sales     Foto Marcello Casal Jr./ Agência Brasil

A Justiça obrigou a Rede Record a pagar R$ 52 mil de indenização à advogada Roberta Tafner, que, em 2010, foi acusada, com o marido, Willians de Souza, de matar os próprios pais. De acordo com o colunista Rogério Gentili, da Folha de São Paulo, a emissora extrapolou o exercício da liberdade de imprensa ao exibir o momento em que eles foram presos, em São Bernardo do Campo. Quando a polícia e a equipe da Record entraram no imóvel, os dois estavam dormindo e foram surpreendidos em trajes íntimos.

“A veiculação da reportagem extrapolou a linha do razoável e dos limites da narrativa”, disse o desembargador José Rubens Queiroz Gomes, relator do processo no Tribunal de Justiça.

De acordo com a coluna, o empresário Wilson Tafner e a advogada Tereza Cobra foram mortos a facadas no dia 2 de outubro de 2010 num condomínio em Santana do Parnaíba, na região metropolitana de São Paulo. Tereza recebeu 16 golpes e Wilson, 10. Todos no rosto e na cabeça. A polícia encontrou 15 pontos de sangue entre o quarto onde o casal foi morto e a casa da filha, no mesmo condomínio.

Segundo a denúncia feita pelo Ministério Público, a herança seria o objetivo dos acusados. Willians teria aplicado os golpes. Roberta teria ajudado o marido a planejar o crime e a limpar os vestígios.

O casal, que sempre negou o crime, foi absolvido em 2016. No ano seguinte, o TJ anulou a decisão. Um novo julgamento será realizado. “Vou lutar para limpar a minha honra e a dos meus pais”, disse Roberta em 2018.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Desembargador que ofendeu guarda e se recusou a usar máscara em Santos não pagou multa de R$ 100

Justiça
Mais Lidas
Publicidade


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.