Justiça


Suspeito de armar emboscada para matar advogado em Aquidabã é absolvido por júri popular


Publicado 14 de outubro de 2021 às 10:43     Por Redação AjuNews     Foto Divulgação

O suspeito de armar uma emboscada para matar o advogado Jarbas, conhecido como Jarbinhas, foi absolvido após voto de desempate do júri popular, na manhã desta quinta-feira (14). Gutemberg Barreto, conhecido como Papá, é apontado como o responsável por articular o plano.

De acordo com a defesa do suspeito, Vagner Roger, o júri popular foi o responsável por sentenciar os três réus do caso. Papá acabou sendo declarado inocente após o voto de desempate e absolvição.

“O Genison assumiu perante que ele foi o executor dos disparos, perante o conselho de sentença, perante o ministério público da comarca de Aquidabã. O papá, como já era esperado, toda Aquidabã sabia da inocência dele, ele está absolvido, o magistrado já está pedindo alvará e sua família já está indo lá buscar, todo mundo sabe que ele nunca faria isso”, disse Vagner em entrevista ao programa programa Alerta 99, da rádio Fan Fm.

O advogado Jarbas Feitoza de Carvalho Filho, foi assassinado em 11 de março de 2019, em Aquidabã, no Médio Sertão sergipano, após ser atraído por Papá, que era considerado um amigo de confiança. Ao todo, três suspeitos foram investigados, Alcivan Barbosa de Andrade, Genison Pereira que assumiu ser o autor dos disparos, e Gutemberg Barreto, suspeito de articular a emboscada.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.