Justiça


TCU identifica irregularidades em financiamentos do BNDES


Publicado 16 de fevereiro de 2020 às 10:45     Por Redação AjuNews     Foto Reprodução / Google Street View

O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Bruno Dantas, afirmou que os financiamentos executados no exterior pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) estão sob fiscalização, uma vez que fatos apurados pelo Tribunal indicam “certa farra” com o dinheiro público. As declarações foram publicadas pelo site UOL neste domingo (16).

De acordo com Bruno, o Tribunal identificou irregularidades na concessão de emprestimos, bem como no recebimento das garantias do financiamento feito pelo banco estatal. O caso está sob investigação do TCU e o ministro Augusto Sherman. “Esse assunto está entregue a um ministro que é famoso por ser um dos mais duros do tribunal. Certamente nós teremos uma avaliação bastante rigorosa”, afirma Dantas.

Em auditoria realizada no ano passado, resultados apontaram que o BNDES pagou o dobro do valor necessário para financiar obras de rodovias fora do país e que foram tocadas por empresas investigadas pela Operação Lava Jato.

Os contratos foram firmados entre 2006 e 2013, nas gestões dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Dilma Rousseff (PT). Os dirigentes do banco, na época, afirmam que as operações seguiram a legislação pertinente.

O BNDES atuou no financiamento de empresas brasileiras no exterior em diversas áreas, de rodovias a hidrelétricas e portos. 



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Rachel Sheherazade pede R$ 19 milhões em indenização trabalhista ao SBT, diz site

Justiça
Mais Lidas
Publicidade