Política


TSE vota em unanimidade pela absolvição de Bosco Costa no processo que o acusava de abuso do poder econômico


Publicado 03 de maio de 2022 às 21:03     Por Peu Moraes     Foto Divulgação / Assessoria Parlamentar

O deputado federal, Bosco Costa (PL) venceu por unanimidade no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o processo aberto pelo Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE) que acusada de abuso do poder econômico nas eleições de 2018. A informação da vitória de Bosco foi confirmada ao AjuNews, pela assessoria parlamentar, nesta terça-feira (3).

Em 2020, o TER-SE chegou a cassar, por 6×0, o mandando do deputado. A Desembargadora Iolanda Guimarães, relatora do processo, não deu reconhecimento aos embargos de declaração apresentados pela defesa do parlamentar, cujo voto foi acompanhado, na íntegra, pelos demais juízes.

Em 2018, o Ministério Público Eleitoral (MPE) pediu a cassação do mandato dos deputados eleitos João Bosco Costa e Ibrain Silva Monteiro por abuso de poder econômico.

De acordo com o MP Eleitoral, a ação contra Costa se baseia em um parecer técnico do TRE-SE que apontou diversas irregularidades na prestação de contas da campanha do candidato. Ele teria gasto R$ 485.350 mil com locação de veículos, do montante de pouco mais de R$ 2 milhões gastos na campanha. O limite legal para gastos com veículos era de 20%, e o candidato gastou quase 25% dos recursos de sua campanha com essa despesa.

Leia mais:
TRE-SE mantém cassação do mandato do deputado Bosco Costa



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Presos são premiados no 6° Concurso de Redação da Defensoria Pública da União (DPU)

Justiça
Mais Lidas


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.