Mundo


Com medo da covid-19, México tenta impedir americanos de cruzarem fronteira


Publicado 09 de julho de 2020 às 13:00     Por Roberta Cesar     Foto Rovena Rosa / Agência Brasil

Por causa do elevado número de casos de coronavírus (covid-19) nos Estados Unidos, cidades do norte do México estão tentando restringir o movimento de turistas e viajantes para evitar que estes levem o vírus para o país vizinho. As informações foram publicadas pelo jornal britânico The Guardian.

Segundo a publicação, neste fim de semana, os moradores de Sonoyta, na fronteira com o Arizona, utilizaram seus veículos para bloquear a estrada que liga a Puerto Peñasco, uma cidade litorânea muito popular entre turistas americanos. Os habitantes da região pretendem repetir a ação nesta semana também.

Em um comunicado, o prefeito de Sonoyta, José Ramos Arzate, disse “convidamos turistas americanos a não visitar o México”. E completou: “concordamos em salvaguardar a saúde de nossa comunidade diante de uma taxa acelerada de contágio de covid-19 no estado vizinho do Arizona”.

De acordo com o secretário de saúde de Sonoyta, Enrique Clausen, esse momento é muito importante implementar as medidas necessárias para proteger a saúde dos moradores do estado. “E um deles neste momento deve ser a redução das passagens de fronteira dos Estados Unidos para o México,” destacou.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Pastor Silas Malafaia é condenado a pagar R$ 15 mil ao deputado Marcelo Freixo

Justiça
Mais Lidas
Publicidade