Política


Ex-premiê do Japão morre após ser baleado durante campanha eleitoral; Bolsonaro lamenta


Publicado 08 de julho de 2022 às 16:00     Por Fernanda Souto     Foto Reprodução/ Redes sociais

O ex-primeiro-ministro japonês Shinzo Abe, de 67 anos, morreu após ser baleado durante discurso, nesta sexta-feira (8), na cidade de Nara, no oeste do Japão. Um suspeito foi preso e uma espingarda, apreendida.

O ataque contra Abe ocorreu durante um comício para as eleições do Senado, marcadas para acontecerem no próximo domingo (10). O hospital para onde o ex-premiê foi levado informou que ele sangrou até a morte devido a dois ferimentos profundos, um deles no lado direito de seu pescoço. Ele não tinha sinais vitais quando deu entrada.

Antes e depois da confirmação da morte, autoridades pelo mundo lamentaram o ataque, incluindo o presidente Jair Bolsonaro (PL).

“Recebo com extrema indignação e pesar a notícia da morte de Shinzo Abe, líder brilhante e que foi um grande amigo do Brasil. Estendo à família de Abe, bem como aos nossos irmãos japoneses, a minha solidariedade e o desejo de que Deus cuide de suas almas neste momento de dor”.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Lixões são interditados nos municípios de Pacatuba e Brejo Grande após fiscalização

Justiça
Mais Lidas


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.