Mundo


Mais de 100 crianças foram internadas com síndrome rara pós-covid no Reino Unido diz jornal


Publicado 09 de fevereiro de 2021 às 16:20     Por Larissa Barros     Foto Arquivo/ Agência Brasil

O Reino Unido já registrou mais de 100 internamentos de crianças diagnosticadas com uma doença rara chamada de Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P), após serem infectados pelo novo coronavírus. As informações foram divulgadas pelo jornal britânico The Guardian.

De acordo com os dados, 75% das crianças mais afetadas pela SIM-P eram negras, asiáticas ou de minorias étnicas. Ao todo, quase quatro em cada cinco crianças eram previamente saudáveis.

Entre os sintomas mais comuns estão febre persistente de até 40 graus, dores abdominais, pressão sanguínea muito baixa e manchas na pele. Em casos mais graves, podem evoluir para uma infecção generalizada.

Ainda segundo o levantamento, o avanço das estatísticas permitiu concluir que esta se trata de uma condição nova e diretamente ligada ao coronavírus.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

PGR entra com ações para barrar reeleições em assembleias legislativas

Justiça
Mais Lidas
Publicidade