Polícia


Ação conjunta entre MPSE e Polícia Federal resulta em 38 mandados de busca e apreensão em Sergipe, Alagoas e São Paulo 


Publicado 22 de junho de 2022 às 18:15     Por Quesia Cerqueira     Foto Reprodução / Ascom PRF

Ação conjunta do Ministério Público de Sergipe (MPSE), através do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), das Promotorias de Justiça de Canindé de São Francisco e de Poço Redondo, e a Polícia Federal realizaram, na última terça-feira (21), uma operação nos estados de Sergipe, Alagoas e São Paulo, para cumprir 38 mandados judiciais expedidos pelo Poder Judiciário Sergipano.

A ação é resultado dos trabalhos investigativos conduzidos pelo MPSE juntamente com a Polícia Federal, tendo como objetivo desarticular organizações criminosas responsáveis pela prática de delitos contra a administração pública e lavagem de dinheiro.

Sergipe foi o estado que concentrou o maior número das ações especializadas, num total de 35 mandados de busca e apreensão, que foram executados em cinco municípios: Aracaju (8 mandados); Ribeirópolis (2 mandados); Poço Redondo (11 mandados); Nossa Senhora do Socorro (1 mandado) e Canindé de São Francisco (14 mandados). 

Já no estado de Alagoas, no município de Piranhas, cumpriu-se um mandado de busca e apreensão, enquanto que no estado de São Paulo dois mandados foram executados.

Durante a operação diversos documentos e objetos de interesse para as investigações foram apreendidos e encaminhados para o Gaeco/MPSE. Em um dos endereços foi apreendida a quantia em espécie no valor de R$ 125.000,00. Uma pessoa foi presa em flagrante delito por posse ilegal de arma de fogo.

Apoio

A operação ainda contou com o apoio do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) do MPSE e da Polícia Civil de Sergipe. 

O MPSE disponibilizou para participaram da ação 7 Promotores de Justiça, incluindo o staff de Promotores e Promotoras de Justiça do Gaeco, 30 servidores e 7 viaturas.

A Polícia Civil de Sergipe participou da operação com um efetivo de 5 servidores, dentre eles um Delegado de Polícia.

Já a Polícia Federal disponibilizou aproximadamente 160 servidores entre delegados, escrivães e agentes de polícia, e 40 viaturas para as ações de busca e apreensão.

Fonte: MPSE



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

STJ confirma exigência de exame toxicológico para renovação de CNH

Justiça
Mais Lidas


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.