Polícia


Lagarto: Operação Double Choque é deflagrada e doze pessoas são presas


Publicado 13 de maio de 2022 às 06:55     Por Dhenef Andrade     Foto Reprodução / SSP-SE

As Polícias Civil e Militar de Sergipe deflagraram, na manhã desta sexta-feira (13), a Operação Double Choque com foco no combate ao tráfico de drogas na cidade de Lagarto, no Centro Sul do estado. fruto de investigações da Divisão de Narcóticos da Delegacia Regional de Lagarto. A ação policial contou com a participação de equipes das polícias Civil, Militar, Grupamento Tático Aéreo (GTA) e guardas municipais de Aracaju e Lagarto.

Até o momento, oito suspeitos foram presos em cumprimento a mandados de prisão e outros quatro foram presos em flagrante. Além deles, um outro investigado entrou em confronto com as equipes policiais e acabou morrendo. Na operação, também foram apreendidos dois revólveres, celulares e drogas.

De acordo com o delegado Wellinton Junior, a operação é fruto de dois inquéritos policiais sobre o crime na região. “As investigações culminaram na representação das prisões preventivas de dez investigados por tráfico de drogas. São duas associações criminosas voltadas para o tráfico, que vem praticando o crime em Lagarto e região”, detalhou.

“Nós assumimos a 1ª Divisão da Delegacia Regional de Lagarto no início deste ano. Tivemos acesso a uma investigação iniciada no final do ano passado e demos prosseguimento a essa investigação e identificamos mais alguns envolvidos no grupo criminoso”, acrescentou o delegado.

O nome da operação, conforme o delegado, faz alusão a um duplo choque na criminalidade na cidade de Lagarto, levando em consideração o fato de serem dois grupos criminosos que atuavam na região.

“Além da investigação da associação comandada por Jeferson Almeida, foi deflagrado o cumprimento de mandados de prisão contra outra associação criminosa voltada para o tráfico, o que deu o nome à operação”, concluiu o delegado.

Participaram da operação a Divisão de Inteligência (Dipol), a Delegacia de Atendimento a Grupos Vulneráveis de Lagarto (DAGV), o 7º Batalhão da Polícia Militar (7º BPM), Delegacia Regional de Tobias Barreto, Delegacia de Riachão do Dantas, Delegacia Regional de Itabaiana, Divisões de Crimes Contra o Patrimônio e Entorpecentes, Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core), Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), Canil da Polícia Militar, Guardas Municipais de Aracaju e Lagarto e GTA.

Leia mais
Justiça determina soltura de militar acusado de extorquir taxista após abordagem policial



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Presos são premiados no 6° Concurso de Redação da Defensoria Pública da União (DPU)

Justiça
Mais Lidas


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.