Polícia


Stalker é preso após vítima denunciar perseguição em Itabaiana


Publicado 20 de novembro de 2020 às 18:59     Por Larissa Barros     Foto Divulgação / Secretaria de Segurança Pública

Um stalker foi preso por policiais civis do Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV), na cidade de Itabaiana, Agreste Central sergipano, na tarde desta sexta-feira (20).

De acordo com a polícia, foi cumprido o mandado de internação de Carlos Wendel dos Santos, por perturbação da tranquilidade, após o suspeito perseguir uma adolescente, querendo impor um relacionamento amoroso.

Segundo a delegada Josefa Valéria, apesar de nunca ter nem conhecido a vítima, o investigado mandava presentes e cartas de amor, a seguia pelas ruas, chegando inclusive a agredir homens que dela se aproximavam.

“A vida da adolescente se tornou um inferno, pois Wendel insistia em afirmar que era seu namorado, se tornou agressivo e frequentava os mesmos lugares que ela, impedindo inclusive que ela fosse à igreja”, explicou a delegada.

A atitude descrita é popularmente conhecida como “stalker”, que consiste na perseguição obsessiva, monitoramento constante, cerceamento do direito de ir e vir da vítima, sendo também uma forma de violência psicológica e em alguns casos, física.

Por fim, ainda segundo a polícia, o indiciado permanece à disposição da Justiça e será encaminhado para internação no Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Justiça condena TV Globo a pagar R$ 65,4 mil a primeira vencedora do “Caminhão do Faustão”

Justiça
Mais Lidas
Publicidade


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.