Política


Bolsonaro cita ‘abuso’ em alta de preço dos combustíveis e cobra CPI: ‘Se não deve, investiga’


Publicado 21 de junho de 2022 às 09:20     Por Dhenef Andrade     Foto Fábio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (PL) segue em defesa da instalação de uma Comissão de Inquérito Parlamentar (CPI) para investigar a Petrobras. Nesta segunda-feira (20), o mandatário afirmou que alta do preço do diesel e da gasolina são um abuso.

“Eu estou acertando uma CPI da Petrobras. ‘Ah, você que indicou o presidente’. Sim, mas eu quero uma CPI. Por que não? Se não deve nada, investiga o cara”, afirmou ele a apoiadores no Palácio da Alvorada, em Brasília.

Na avaliação do presidente, “não precisava desse reajuste, nem do anterior”. Na última sexta (17), a estatal anunciou um amento de 5,18% no preço da gasolina e de 14,26% no diesel. Bolsonaro também disse que medidas para controle dos preços dos combustíveis pelo governo federal têm “forte apoio” do presidente da Câmara, deputado Arthur Lira (PP-AL).

O deputado federal Altineu Cortês (PL-RJ) vai apresentar um pedido de instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a gestão da Petrobras. O assunto foi debatido nesta segunda-feira (20), em reunião dos líderes partidários com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL).

Os parlamentares discutiram ainda sobre taxação de lucros e política de preços praticada pela estatal. Sem a presença de todos os líderes, Lira deve realizar uma nova reunião nesta terça (21), às 8 horas.

Leia mais
Hospital São Lucas suspende atendimentos de pacientes da Unimed em Sergipe



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

STJ confirma exigência de exame toxicológico para renovação de CNH

Justiça
Mais Lidas


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.