Política


Fecomercio: Justiça nega limiar de suspenção de eleição e Marcos Andrade será eleito presidente


Publicado 13 de maio de 2022 às 09:10     Por Dhenef Andrade     Foto Reprodução / Google Street View

A conturbada eleição da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Sergipe (Fecomercio) terá seu fim nessa sexta-feira (13). Com a chapa 1, encabeçada pelo empresário Breno França, ex-presidente do Sindicato do Comércio Atacadista e Distribuidor de Sergipe (Sincadise), impugnada pela comissão eleitoral após a saída de membros da disputa, o empresário Marcos Andrade será eleito presidente da entidade.

Conforme apurado pelo Ajunews, a eleição ocorre das 8h às 20h e estão aptos a voto 12 conselheiros da federação. Breno ingressou com ação na Justiça para barrar a eleição, mas teve o pedido de limiar negado, nesta quinta-feira (12). França tinha como aliados na disputa empresários de destaque, como Abel Rocha, Walker Carvalho e Hugo Lima.

O novo presidente de Fecomercio assume o lugar do deputado federal Laércio Oliveira (PP) que está no comando da federação há oito anos. Seu mandato se encerra no dia 10 de julho. Segundo o deputado, ele deixa a Fecomercio com um saldo de R$ 120 milhões.

Leia mais
Fecomercio: Candidato à sucessão de Laércio Oliveira deve ir à Justiça após chapa ser impugnada



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Presos são premiados no 6° Concurso de Redação da Defensoria Pública da União (DPU)

Justiça
Mais Lidas


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.