Política


Fecomercio: Justiça nega limiar de suspenção de eleição e Marcos Andrade será eleito presidente


Publicado 13 de maio de 2022 às 09:10     Por Dhenef Andrade     Foto Reprodução / Google Street View

A conturbada eleição da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Sergipe (Fecomercio) terá seu fim nessa sexta-feira (13). Com a chapa 1, encabeçada pelo empresário Breno França, ex-presidente do Sindicato do Comércio Atacadista e Distribuidor de Sergipe (Sincadise), impugnada pela comissão eleitoral após a saída de membros da disputa, o empresário Marcos Andrade será eleito presidente da entidade.

Conforme apurado pelo Ajunews, a eleição ocorre das 8h às 20h e estão aptos a voto 12 conselheiros da federação. Breno ingressou com ação na Justiça para barrar a eleição, mas teve o pedido de limiar negado, nesta quinta-feira (12). França tinha como aliados na disputa empresários de destaque, como Abel Rocha, Walker Carvalho e Hugo Lima.

O novo presidente de Fecomercio assume o lugar do deputado federal Laércio Oliveira (PP) que está no comando da federação há oito anos. Seu mandato se encerra no dia 10 de julho. Segundo o deputado, ele deixa a Fecomercio com um saldo de R$ 120 milhões.

Leia mais
Fecomercio: Candidato à sucessão de Laércio Oliveira deve ir à Justiça após chapa ser impugnada



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Justiça nega recurso de Danielle em ação por danos morais de Edvaldo

Justiça
Mais Lidas


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.