Política


Lula não deve ser candidato à presidência em 2022 para 70,6% dos brasileiros, diz pesquisa


Publicado 19 de setembro de 2020 às 09:33     Por Peu Moraes     Foto Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

O levantamento feito pelo Instituto Paraná Pesquisas mostra que para 70,6% dos brasileiros, o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não deve ser candidato à presidência nas eleições de 2022. As informações foram publicadas pelo site Jovem Pan, nesta sexta-feira (18).

Segundo a pesquisa, 26,2% acham que Lula deve se candidatar, e 3,1% não sabe/não opinou. A maior parte das pessoas que é contra são homens (71,5%), de 45 a 59 anos (74,8%), com ensino superior completo (74,1%). Além disso, são moradores do Sudeste (77,4%) e Sul (75,6%) do País.

Já entre os que são a favor da candidatura de Lula, o maior índice são mulheres (26,9%), de 16 a 24 anos (33,9%) e com o ensino fundamental completo (29%), da região Nordeste (39,6% ). A pesquisa foi feita entre os dias 10 e 12 de setembro, com 2.008 pessoas com 16 anos ou mais em 26 Estados e Distrito Federal. Com uma margem de erro de aproximadamente 2,2%.

Até o momento, o ex-presidente está inelegível para as eleições de 2022, pois foi condenado em segunda instância em dois processos: o do tríplex no Guarujá e do sítio em Atibaia, ambos derivado da Lava Jato. No entendimento da maioria dos entrevistados, a justiça deve manter essa decisão. 64,8% acham que Lula não poderia ser liberado para concorrer ao pleito, 31,6% dizem que sim, e 3,6% não sabe/não opinou.

Novamente, os homens lideram, com 66,3%. Entre as mulheres, 63,5% não concordam com uma possível permissão judicial. A maioria tem entre 45 e 59 anos (68,1%), com Ensino Superior (72,2%), e são moradores do Sudeste (71,1%).



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Justiça condena TV Globo a pagar R$ 65,4 mil a primeira vencedora do “Caminhão do Faustão”

Justiça
Mais Lidas
Publicidade


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.