Política


Muribeca é destaque nacional com programa de renda mínima à mulheres vítimas de violência doméstica


Publicado 05 de agosto de 2022 às 10:52     Por Redação AjuNews     Foto Reprodução / Redes Sociais

O município de Muribeca, no Agreste sergipano, virou destaque nacional por causa do Programa Paz, que garante uma renda mínima às mulheres vítimas de violência doméstica na cidade.

De acordo com o prefeito da cidade, Mário Conserva (MDB), a renda mínima básica é ofertada para que as mulheres que sofreram violência doméstica possam se reestruturar durante o período do processo judicial.

“Os estudos dizem bastante que uma das razões para a continuidade desse círculo de violência é a dependência econômica. Então, a gente estabelece uma ferramenta municipal que visa combater o cerne do problema”, afirmou.

Segundo o gestor, um dos critérios para receber o benefício é o tempo previsto para durar a liminar que determina o afastamento do agressor, que também é o provedor econômico, do lar. 

Entre 2020 e 2021, o estado de Sergipe registrou o terceiro maior aumento de pedidos de medidas protetivas de urgência para mulheres vítimas de violência doméstica do país. Segundo os dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, houve um crescimento de 58,3% dos registros.

As vítimas de violência doméstica podem procurar o Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV). A unidade funciona em regime de plantão, atendendo às vítimas durante o dia e a noite.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

TCE-SE encaminha à Justiça Eleitoral lista de gestores que tiveram contas reprovadas

Justiça
Mais Lidas


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.