Política


“Não dá para jogar a toalha”, diz Eduardo Braga sobre Bolsonaro acabar com Renda Brasil


Publicado 15 de setembro de 2020 às 17:22     Por Fernanda Souto     Foto Marcelo Casal Jr/ Agência Brasil

O senador Eduardo Braga (MDB) discordou do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), nas redes sociais, sobre o fim do debate em torno do programa Renda Brasil.

“Tirar dinheiro de idosos e deficientes para bancar renda básica é um contrassenso. Mas não dá para jogar a toalha e deixar desassistidos milhões de excluídos no país”, disse o senador.

O parlamentar também voltou a defender a taxa em lucros e dividendos e o aumento de impostos para bancos.

“Dá muito bem para bancar uma renda básica permanente tributando lucros e dividendos e elevando a CSLL [Contribuição Social sobre Lucro Líquido] dos bancos, entre outras alterações na legislação tributária.”

Na manhã desta terça-feira (15), Bolsonaro gravou e postou um vídeo em que decretou o fim do Renda Brasil e disse que continuará com o Bolsa Família. O presidente não gostou das ideias sobre a possibilidade de congelamento de aposentadorias para bancar o novo programa.

Leia mais:

Bolsonaro desiste de criar Renda Brasil: ‘Vamos continuar com o Bolsa Família e ponto final’



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Por divulgação de obra no Japãozinho, Justiça determina que Edvaldo exclua vídeo das redes sociais

Justiça
Mais Lidas
Publicidade


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.