Política


‘Não tenho medo de desafio’, afirma Eduardo Amorim em caso seu nome ser cotado para encabeçar chapa no PL


Publicado 05 de agosto de 2022 às 09:04     Por Redação AjuNews     Foto Reprodução / Redes Sociais

O pré-candidato ao Senado por Sergipe pelo partido do presidente Jair Bolsonaro (PL), o médico Eduardo Amorim, sustenta que não há ‘plano B’ e que candidatura de Valmir de Francisquinho (PL) para o Governo é o foco. Mas não negou, nesta sexta-feira (5), a possibilidade de ter seu nome alcançado à cabeça de chapa caso haja uma troca nas posições de candidatura em setembro.

“Não tenho medo de nenhum desafio. Mas volto a dizer, não penso nisso. Tenho certeza que Valmir vai continuar. Tudo no seu tempo”, disse ele em entrevista à rádio Rio Fm. Pela legislação eleitoral, o prazo para substituição de candidatura às eleições majoritárias e proporcionais acaba no dia 12 de setembro, 20 dias antes do pleito de 2 de outubro.

Valmir aguarda a publicação do acórdão do julgamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que confirmou entendimento do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE) sobre sua inelegibilidade por abuso de poder econômico. Além dele, o filho, Talysson de Valmir também perdeu direitos políticos tendo seu mandato na Assembleia Legislativa do estado (Alese) cassado.

A situação jurídica do ex-prefeito de Itabaiana não impede a confirmação de seu nome em convenção do partido. O evento acontece na sede da sigla em Aracaju, a partir das 14h desta sexta (5).

Leia mais
Ana Alves deve ser confirmada como candidata a deputada estadual em convenção do União Brasil nesta sexta (5)



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Lixões são interditados nos municípios de Pacatuba e Brejo Grande após fiscalização

Justiça
Mais Lidas


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.