Política


Petrobras nomeia Fernando Borges como presidente interino após saída de José Mauro


Publicado 20 de junho de 2022 às 16:04     Por Fernanda Souto     Foto Alaor Filho/ Petrobras

Após o pedido de demissão de José Mauro Coelho, na manhã desta segunda-feira (20), a Petrobras indicou Fernando Borges como presidente interino da estatal. Ele é diretor-executivo de Exploração e Produção e faz parte do Conselho de Administração da empresa desde 2016.

Borges ficará no cargo até a eleição e posse do novo presidente, que provavelmente será Caio Mario Paes de Andrade. Caio é secretário de desburocratização do Ministério da Economia, e tem o apoio do governo para assumir a estatal.

A saída de José Mauro aconteceu logo após as pressões por parte do governo, com o aumento dos preços dos combustíveis, na última sexta-feira (17).

Coelho cedeu à pressão do presidente Bolsonaro, que tem afirmado que o conselho da Petrobras está “boicotando” o novo ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, ao não se reunir para votar as novas indicações feitas pelo governo para o comando da empresa.

Leia mais:
Após pressão, presidente da Petrobras pede demissão do cargo



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

STJ confirma exigência de exame toxicológico para renovação de CNH

Justiça
Mais Lidas


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.