Política


Salário mínimo perde poder de compra pela primeira vez desde o Plano Real no governo Bolsonaro


Publicado 09 de maio de 2022 às 11:03     Por Larissa Barros     Foto Arquivo/Agência Brasil

Durante o primeiro mandato do presidente Jair Bolsonaro (PL) o salário mínimo perdeu o poder de compra pela primeira vez desde o Plano Real. Com isso, o salário do brasileiro está valendo menos do que quando o chefe do Executivo Federal assumiu em 2019.

De acordo com informações do jornal O Globo, os cálculos da corretora Tullett Prebon Brasil, apontam que a perda será de 1,7%. No entanto, a perda pode ser maior se a inflação acelerar mais do que o previsto pelo mercado no Boletim Focus, do Banco Central.

O levantamento apontou ainda que, neste cenário, o piso salarial cairá de R$ 1.213,84 para R$ 1.193,37 entre dezembro de 2018 e dezembro de 2022, descontada a inflação.

De acordo com a publicação, dois fatores explicam a perda inédita. Um deles é o ajuste fiscal, pelo peso do salário mínimo na indexação do Orçamento da União, e a aceleração da inflação.

Leia mais:
Bolsonaro cita Jessilane sobre Fies e ex-BBB rebate: “Criado por Lula”
‘Petrobras fatura bilhões às custas do povo brasileiro’ diz Bolsonaro



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Presos são premiados no 6° Concurso de Redação da Defensoria Pública da União (DPU)

Justiça
Mais Lidas


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.