Política


Salário mínimo perde poder de compra pela primeira vez desde o Plano Real no governo Bolsonaro


Publicado 09 de maio de 2022 às 11:03     Por Larissa Barros     Foto Arquivo/Agência Brasil

Durante o primeiro mandato do presidente Jair Bolsonaro (PL) o salário mínimo perdeu o poder de compra pela primeira vez desde o Plano Real. Com isso, o salário do brasileiro está valendo menos do que quando o chefe do Executivo Federal assumiu em 2019.

De acordo com informações do jornal O Globo, os cálculos da corretora Tullett Prebon Brasil, apontam que a perda será de 1,7%. No entanto, a perda pode ser maior se a inflação acelerar mais do que o previsto pelo mercado no Boletim Focus, do Banco Central.

O levantamento apontou ainda que, neste cenário, o piso salarial cairá de R$ 1.213,84 para R$ 1.193,37 entre dezembro de 2018 e dezembro de 2022, descontada a inflação.

De acordo com a publicação, dois fatores explicam a perda inédita. Um deles é o ajuste fiscal, pelo peso do salário mínimo na indexação do Orçamento da União, e a aceleração da inflação.

Leia mais:
Bolsonaro cita Jessilane sobre Fies e ex-BBB rebate: “Criado por Lula”
‘Petrobras fatura bilhões às custas do povo brasileiro’ diz Bolsonaro



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Justiça nega recurso de Danielle em ação por danos morais de Edvaldo

Justiça
Mais Lidas


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.