Política


Senado aprova PL de piso salarial da enfermagem; texto vai à Câmara


Publicado 25 de novembro de 2021 às 07:47     Por Dhenef Andrade     Foto Ingrid Anne/Prefeitura de Manaus

O Projeto de Lei 2564/2020 que trata da instituição do piso salarial nacional de R$4.750 para a categoria da enfermagem foi aprovado no Senado, nesta quarta-feira (24). A proposta agora será encaminhas à Câmara dos Deputados.

A autoria da PL é do senador Fabiano Contarato (Rede-ES) com redação de Zenaide Maia (PROS-RN). O texto também define pisos salariais para técnicos de enfermagem de R$ 3.325, de auxiliares, no valor de R$ 2.375, e parteiras, de R$2.375.

O Conselho Regional de Sergipe (Coren-SE) comemorou o resultado. “O Piso Salarial para a Enfermagem representa uma proteção para os 2,5 milhões de profissionais que compõem a categoria, sobretudo os quase 2 milhões de técnicos e auxiliares, que estão especialmente vulneráveis aos subsalários, segundo os dados da Pesquisa Perfil da Enfermagem no Brasil”, postou o conselho nas redes sociais.

Críticos à PL alegam que o novo piso salarial trará um aumento de gastos de mais de R$ 18 bilhões, sendo R$ 6,4 bilhões para o setor público, R$ 6,2 bilhões para as Santas Casas e R$ 5,8 bilhões para o setor privado da saúde. Além disso, afirmam que não há indicação de fontes de receita que sustentariam o pagamento.

Leia mais
Secretaria de Saúde rebate Alessandro Vieira sobre suposta emenda de R$ 58 mi



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.