Política


Valadares Filho confirma intenção de disputar vaga na Câmara Federal em 2022


Publicado 04 de janeiro de 2021 às 10:21     Por Fernanda Sales     Foto Antonio Augusto / Câmara dos Deputados

Ex-deputado federal e ex-candidato a vice-prefeito de Aracaju, Valadares Filho (PSB) confirmou pretensão de disputar novamente a vaga de deputado federal em 2022. “A grande tendência é que eu dispute uma vaga na Câmara Federal”, disse o pesebista em entrevista na Rádio Jornal, nesta segunda-feira (4).

Ainda segundo Valadares Filho, é uma prioridade do PSB nacional voltar a ter na Câmara dos Deputados um representante de Sergipe. “Em conversa que já tive com o presidente [do PSB] Carlos Siqueira, isso ficou muito claro. Mas tomarei uma decisão mais efetiva conversando com nossos amigos, aliados da capital e do interior, para que a gente possa ter uma definição mais concreta no final desse semestre. Mas sem dúvida, a grande tendência é disputar a vaga na Câmara Federal”, disse ele durante a entrevista.

Saída de Luciano Pimentel do PSB
Valadares Filho, que também é presidente estadual do PSB, falou ainda sobre o pedido oficial para a desfiliação do deputado estadual Luciano Pimentel da sigla. Na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), Luciano faz parte da bancada de situação ao governo, mas o PSB tem posicionamento contrário.

“A nossa posição sobre isso foi justamente tomarmos a iniciativa sobre esse assunto. Quero deixar bem claro que tenho muito respeito com relação a Luciano, mas hoje nós temos profundas discordâncias nas posições políticas. Como iniciativa democrática, o diretório estadual propôs ao deputado a sua desfiliação, por justamente, não ter interesse nas questões ideológicas e políticas em relação ao mandato que ele vem exercendo na Alese”, explicou o presidente estadual da sigla.

Questionado se poderá haver a expulsão do deputado ou a perda do mandato dele em caso de desfiliação, Valadares explicou: “O que há de oficial é o pedido de desfiliação, em um outro momento, numa outra questão, poderão ser debatidos [a expulsão], mas o partido não tem desejo que ele se mantenha como filiado. Por questões jurídicas, cabe ao deputado verificar essa situação e aguardamos oficialmente a manifestação do parlamentar”, finalizou.

Leia mais:
Valadares Filho diz que não se arrepende de decisões políticas: ‘Só não poderia estar com o grupo do governo’



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

STF rebate Bolsonaro e diz que não proibiu governo federal de agir contra pandemia da covid-19

Justiça
Mais Lidas
Publicidade