Saúde


Pesquisa aponta que um terço dos sobreviventes da covid-19 tem distúrbios cerebral ou psiquiátricos


Publicado 07 de abril de 2021 às 11:20     Por Larissa Barros     Foto Fernando Frazão / Agência Brasil

Um estudo apontou que um terço dos pacientes que sobreviveram à infecção do novo coronavírus foram diagnosticados com distúrbio cerebral ou psiquiátricos em um período de seis meses. A informação foi divulgada pela Reuters, nesta terça-feira (6).

De acordo com a pesquisa, o estudo publicado na revista Lancet Psychiatry, analisou registros de saúde de 236.379 pacientes, a maioria nos Estados Unidos, e concluiu que 34% deles foram diagnosticados com distúrbios neurológicos durante o período analisado.

Segundo a publicação, os pesquisadores que conduziram a análise afirmaram que não está claro como o vírus está ligado a condições psiquiátricas como a ansiedade e a depressão, mas que esses são os diagnósticos mais comuns entre os 14 distúrbios que foram considerados.

O psiquiatra da Universidade britânica de Oxford, um dos coautores do trabalho, Max Taquet, afirmou que os casos de derrame, demência e outros distúrbios neurológicos após a doença são mais raros, segundo os pesquisadores, no entanto, ainda assim são significativos.

A pesquisa apontou que a ansiedade apareceu em 17% dos casos, e distúrbios de humor, com 14%, são os mais comuns, e não parecem estar relacionados ao fato de a infecção ter sido leve ou grave no paciente.

Já entre os que foram internados em unidades de tratamento intensivo com quadro grave de covid-19, no entanto, 7% apresentaram derrame dentro de seis meses, e cerca de 2% foram diagnosticados com demência.

Ainda segundo o cientista, o estudo não pôde determinar os mecanismos biológicos ou psicológicos envolvidos, mas pesquisas urgentes são necessárias para identificá-los “com uma visão para prevenir e tratá-los”.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Rachel Sheherazade pede R$ 19 milhões em indenização trabalhista ao SBT, diz site

Justiça
Mais Lidas
Publicidade