Saúde


Varíola dos macacos: entenda sobre o vírus que pode chegar em breve ao Brasil


Publicado 24 de maio de 2022 às 17:19     Por Quesia Cerqueira     Foto Divulgação / Centro de Controle de Doenças

Recentemente a Organização Mundial de Saúde (OMS), confirmou nesta terça-feira (24), 131 casos da disseminação da Varíola dos Macacos em pacientes de pelo menos, 12 países, e investiga mais 106 desde o primeiro paciente relatado no dia 7 de maio no Reino Unido. Um caso foi reportado na Argentina, em Buenos Aires, o caso mais próximo ao Brasil.

A varíola do macaco é uma infecção viral rara que é semelhante à varíola. Ambas as doenças são causadas por vírus da família Orthopoxvirus. A variação é transmitida de animais para humanos e também pode ser transmitida por meio do contato de humano para humano através de secreções ou gotículas. Igual a transmissão do Covid-19.

O vírus geralmente causa uma doença leve, não é tão mortal quanto a varíola e a maioria dos pacientes se recupera em poucas semanas, mas pode se tornar algo mais preocupante. Não há tratamento específico para a varíola do macaco, mas pode ser prevenida com a vacinação.

Sintomas

Em ambas as doenças, o quadro clínico começa de forma semelhante, como febre, calafrios, dor de cabeça, dores musculares, dor nas costas e gânglios linfáticos inchados. Uma erupção cutânea geralmente aparece 3 á 5 dias após o início dos sintomas e pode se espalhar do rosto para o tronco e extremidades.

Tratamento

A varíola foi erradicada graças a uma campanha histórica de vacinação que pôs fim a milhares de mortes causadas pelo patógeno. Como o vírus da varíola do macaco tem relação com a varíola humana, a vacina contra a varíola também se mostrou eficaz para ambas as doenças.

Nesse caso, as pessoas com mais de 55 anos que foram vacinadas contra a varíola humana antes de sua erradicação podem ter uma imunidade considerável contra a varíola dos macacos.

Os tratamentos disponíveis são principalmente paliativos para os sintomas. 

No Brasil

O infectologista e integrante do Corpo Clínico do Hospital São Vicente de Paulo de Passo Fundo (HSVP), Dr. Gilberto Barbosa, o Brasil deve confirmar em breve casos da Varíola dos Macacos. Ele destaca que a intensidade da doença ainda é uma incógnita, mas é muito provável que a varíola chegará em breve ao país.

Segundo o infectologista, isso ocorre porque o mundo é muito dinâmico em suas comunicações, com facilidade de transporte aéreo. Ainda, segundo Barbosa, não é possível especificar se a presença da Varíola dos Macacos no Brasil teria um potencial de disseminação tão grande quanto o da covid, mas todo cuidado é pouco e, aos primeiros sintomas, como dor no corpo e resfriado, é necessário buscar uma unidade de saúde.

Fonte: Rádio Uirapuru



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

TCE-SE encaminha à Justiça Eleitoral lista de gestores que tiveram contas reprovadas

Justiça
Mais Lidas


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.