Cidades


Novo decreto em Aracaju determina suspensão de atividades em academias e boates; veja novas medidas


Publicado 18 de março de 2020 às 12:42     Por Redação AjuNews     Foto Divulgação / Secretaria de Comunicação

O prefeito de Aracaju Edvaldo Nogueira (sem partido) determinou a suspensão de atividades em academias, clubes, boates e casas de shows durante 15 dias e ampliação dos serviços municipais pela internet e telefônico. Essas e outras decisões fazem parte de uma série de medidas temporárias e emergenciais voltadas a combater os riscos decorrentes do novo coronavírus (Covid-19) na capital sergipana. O anúncio do novo decreto foi feito durante coletiva à imprensa, nesta quarta-feira (18).

Edvaldo também afirmou que os servidores de cada secretaria com mais de 60 anos serão colocados na retaguarda para evitar contágio com pessoas suspeitas do novo coronavírus (covid-19). Além disso, o gestor disse que vai discutir com o governador Belivaldo Chagas (PSD) medidas restritivas para entradas de ônibus de estados onde já há transmissão comunitária.

A população deve solicitar os serviços da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb) como fiscalizações de obras e interdições de quaisquer ações físicas pela internet. A triagem on-line pelo MonitorAju por meio do número 156 também será ampliado com aumento no número de pessoas no atendimento.

Confira as novas determinações:

1 – Ampliação do MonitorAju com a inclusão de servidores acima de 60 anos da Saúde. (A partir do dia 23);
2 – Serviços online da Prefeitura passarão a ser disponibilizados digitalmente: disponibilização de serviços AJU Inteligente, a partir do (dia 23). Serviços da Smtt, Fazenda, Emurb, Emsurb Meio Ambiente, Saúde, Seplog e AjuPrevidência;
3 – Servidores com mais de 60 anos e demais grupos de risco: cada secretaria tratará considerando a garantia da prestação do serviço público considerando como opções home office, rodízios, antecipação de férias.;
4 – Suspensão de férias dos servidores Assistência Social e Defesa Social;
5 – Isolamento domiciliar de 7 dias para servidores públicos assintomáticos provenientes de viagens internacionais e nacionais de áreas com transmissão comunitária;
6 – Garantir o cumprimento da portaria 5/2020, dos Ministérios da Justiça e Saúde, para medidas de emergência;
7 – Suspensão de atividades de academias, clubes, boates, casas de show e congêneres por 15 dias;
8 – Bancos, shoppings e demais estabelecimentos privados com atendimento ao público devem adotar medidas para garantir o distanciamento social e higienização;
9 -Readequação das feiras livres para cumprimento das regras de distanciamento social e higienização a partir do dia 23;
10 – Discutir com o governador a tomada de medidas restritivas para entradas de ônibus de estados onde já há transmissão comunitária.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Candidato a vice-governador na chapa de Rogério Carvalho aponta perseguição política em pedido de prisão

Justiça
Mais Lidas


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.