Cidades


Covid-19: Após detecção da variante de Manaus, governo afirma que trabalha para reconhecer novas cepas


Publicado 23 de fevereiro de 2021 às 16:50     Por Fernanda Souto     Foto Robson Valverde/ Governo de Santa Catarina

Após a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) identificar a variante do coronavírus de Manaus, em Sergipe, o diretor de vigilância epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Marco Aurélio Goes afirmou que as vigilâncias epidemiológica e laboratorial do estado estão trabalhando para detectar novas linhagens do vírus.

“Quando há um caso em que a pessoa esteve em um local com alguma variante de interesse epidemiológico, a amostra é enviada para análise do sequenciamento genômico no laboratório de referência (Fiocruz). O exame PCR detecta a presença do vírus, mas o sequenciamento permitirá indicar a qual linhagem pertence”, disse o especialista.

O primeiro caso do estado é de um paciente hospitalizado com covid-19 em Aracaju, infectado com a variante brasileira P.1, que foi identificada, em Manaus. A nova cepa foi detectada, no início deste mês, a partir da análise de amostras de um sergipano que trabalha na capital do Amazonas.

Leia mais:
Variante do coronavírus de Manaus é registrada pela primeira vez em Sergipe



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Após boato, deputados negam articulação sobre possível mudança na Mesa Diretora da Alese

Justiça
Mais Lidas
Publicidade