Política


‘Não vamos recuar nenhum milímetro’, diz Belivaldo após pronunciamento de Bolsonaro


Publicado 25 de março de 2020 às 19:21     Por Redação AjuNews     Foto Mario Souza / Governo de Sergipe

O governador de Sergipe, Belivalo Chagas (PSD), afirmou, nesta quarta-feira (25), durante reunião com os outros 26 governadores do país, em uma videoconferência, que não vai recuar das medidas de combate ao coronavírus adotados pelo Estado. “Nós vamos continuar com as medidas até então adotadas no estado de Sergipe, porque entendemos que, para tanto, seguimos a orientação do Ministério da Saúde e dos médicos, da área sanitária, infectologistas, etc. Não vamos recuar nenhum milímetro com relação ao que estamos fazendo até o presente momento. “, disse Belivaldo.

A declaração de Belivaldo ocorre um dia depois do pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que criticou medidas de isolamento social adotadas por estados e municípios brasileiros. Os governadores pedem medidas como a suspensão do pagamento de dívidas e empréstimos com a União e bancos públicos federais e a imediata aprovação do Projeto de Lei Complementar 149/2019, conhecido como Plano Mansueto, que implementa um novo programa de auxílio financeiro a estados e municípios.

Eles reivindicaram também mais apoio do governo federal para a aquisição de equipamentos e insumos necessários à preparação de leitos hospitalares. “Precisamos de uma estrutura adequada, temos poucos leitos de Unidades de Terapia Intensiva. A gente precisa de mais teste para o coronavírus”, disse o governador de Rondônia, Marcos Rocha.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Lula não deve ser candidato à presidência em 2022 para 70,6% dos brasileiros, diz pesquisa

Justiça
Mais Lidas
Publicidade