Saúde


Pazuello anuncia força-tarefa para acelerar vacinação em Manaus


Publicado 14 de fevereiro de 2021 às 08:36     Por Agência Brasil     Foto Euzivaldo Queiroz/ Ministério da Saúde

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse neste sábado (13), que o governo federal enviará vacinas suficientes para acelerar o Plano Nacional de Imunização em Manaus. A perspectiva é alcançar o público de 50 anos de idade.

Pazuello disse que vai trabalhar para reunir “todo o pessoal capacitado” e distribuir por área, com postos fixos e móveis de vacinação. “A estratégia é atingir as partes mais distantes do centro de Manaus, não só nos polos de vacinação”, afirmou Pazuello, que na noite dessa sexta-feira, reuniu-se com o governador do Amazonas, Wilson Lima, no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC).

Segundo o Ministério da Saúde, uma força-tarefa está sendo organizada junto com o governo do Amazonas, prefeituras, Ministério da Defesa e Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) para, além dos postos oficiais, a vacina ser levada aos bairros e às comunidades mais distantes do interior.

A vacinação começará imediatamente após a liberação para os estados, do lote que deverá ser entregue ao Ministério da Saúde no dia 22 de fevereiro. A previsão da pasta é que a imunização seja iniciada por Manaus e, logo em seguida, levada ao interior.

Na avaliação do ministro, apenas a vacinação pode frear o recrudescimento da pandemia. “Temos que fazer a vacinação em massa e, nesse primeiro momento, vamos vacinar todos acima de 50 anos. Vamos antecipar as vacinas para o Amazonas, sem tirar nada dos outros estados”, explicou.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Após boato, deputados negam articulação sobre possível mudança na Mesa Diretora da Alese

Justiça
Mais Lidas
Publicidade