Polícia


Dois policiais do Getam foram presos acusados de roubar R$ 22 mil de um taxista 


Publicado 12 de março de 2022 às 08:50     Por Quesia Cerqueira     Foto Reprodução

Dois policiais do Grupamento Especial Tático de Motos (Getam) foram presos acusados de roubar R$ 22 mil de um taxista durante uma abordagem realizada em setembro de 2021. A prisão preventiva foi efetuada no último dia 24 de fevereiro.

Segundo informações da Polícia Militar, após tomar conhecimento da acusação contra os policiais, um inquérito policial militar foi instaurado para apurar os fatos. Após a conclusão, o inquérito foi encaminhado à Justiça, que decretou a prisão preventiva. Os acusados estão presos no Presídio Militar (Presmil), enquanto aguardam a decisão da Justiça.

As defesas dos acusados entraram com um pedido de Habeas Corpus Criminal na última quinta-feira (10), alegando que a prisão cautelar era desnecessária, uma vez que não havia fundamentação concreta e ausência do requisito legal de indícios suficientes de autoria. Um deles teve o pedido negado pela desembargadora Ana Lúcia Freire, que afirmou haver sim provas concretas do crime. O outro pedido ainda está em fase de decisão.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Justiça nega recurso de Danielle em ação por danos morais de Edvaldo

Justiça
Mais Lidas


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.