Eleições


Após pedido do Cidadania, Justiça suspende divulgação de segunda pesquisa para prefeito em Lagarto


Publicado 29 de junho de 2020 às 17:26     Por Adelia Felix     Foto Elza Fiúza / Agência Brasil

A Justiça Eleitoral de Sergipe determinou a suspensão imediata da divulgação de uma pesquisa eleitoral sobre intenções de voto para prefeito em Lagarto, no Centro-Sul do estado, registrada no último dia 27, pelo Disan Empreendimentos Ltda. no Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE). A decisão cabe recurso.

A liminar, obtida pelo AjuNews, foi assinada pela juíza da 12ª Zona Eleitoral de Lagarto, Carolina Valadares Bitencourt, nesta segunda-feira (29). Este é o segundo pedido de impugnação ajuizado pelo Cidadania, representado pelos advogados Saulo Ismerim Medina Gomes e José Edmilson da Silva Junior, que a Justiça atende.

A sigla apontou ausência de dados nas variáveis do plano amostral “nível de instrução e nível econômico”, ausência do “disco” informativo com os nomes dos candidatos em quatro perguntas, lista de resposta tendenciosa e erro ortográfico.

Na decisão, a magistrada suspendeu a publicação da pesquisa em todos os meios de comunicação, rádio, televisão, jornal, internet, redes sociais e aplicativos de mensagem. E, em caso de descumprimento, determinou multa de R$ 40 mil.

Leia mais
Justiça suspende divulgação de pesquisa eleitoral para prefeito em Lagarto



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.