Política


PSTU não fecha questão sobre possível candidatura de Gilvaní em 2022


Publicado 26 de abril de 2021 às 16:00     Por Fernanda Souto     Foto Arquivo pessoal

A ex-postulante a prefeita de Aracaju pelo Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU), Gilvaní Santos, afirmou ao AjuNews que a sigla ainda não decidiu se ela irá disputar algum cargo político nas eleições de 2022.

Em 2020, na disputa com o atual prefeito Edvaldo Nogueira (PDT), delegada Danielle Garcia, e os outros oito candidatos, a historiadora ficou como a segunda postulante ao cargo menos votada, com 568 votos, o equivalente a 0,22% dos eleitores da capital.

A eleição do ano passado foi a segunda vez em que Gilvaní concorreu na política. A primeira vez foi em 2018, quando disputou ao cargo de governadora do Estado. Na disputa com outros oito postulantes, incluindo Belivaldo Chagas (PSD), que venceu no segundo turno contra Valadares Filho (PSB), ela ficou como a menos votada, com 4.803 votos (0,49%).

Como historiadora e servidora da Petrobras, em sua trajetória na política, Gilvaní tem defendido causas sociais e, principalmente, mais direitos para a classe trabalhadora. Em entrevista dada ao AjuNews no ano passado, ela afirmou que se candidatou nas duas eleições para “defender os interesses, as necessidades, para poder construir um governo que seja de fato do povo”.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Justiça determina que empresas de ônibus limitem número de passageiros em Aracaju

Justiça
Mais Lidas
Publicidade