Polícia


MP denuncia policiais envolvidos na morte de designer de interiores em Aracaju


Publicado 19 de janeiro de 2020 às 10:31     Por Redação AjuNews     Foto Arquivo Pessoal

Dois dos três policiais civis envolvidos na morte do designer de interiores, Clautenis José dos Santos, 37 anos, foram denunciados pelo Ministério Público de Sergipe (MP-SE) por lesão corporal. O policial que atirou foi denunciado por lesão corporal seguida de morte.

O designer de interiores foi morto a tiros, em 8 de abril do ano passado, no Conjunto Bugio, em Aracaju, dentro de um carro que prestava serviço de mobilidade por meio de aplicativo durante uma abordagem policial. Segundo o MP, os policiais não tiveram a intenção de matar e os disparos só aconteceram após os passageiros se recusarem a desembarcar. Na ocasião, Clautenis teria aberto a porta do carro de forma brusca e os policiais atiraram. Ele estava na companhia de dois amigos que não foram atingidos.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Candidato a vice-governador na chapa de Rogério Carvalho aponta perseguição política em pedido de prisão

Justiça
Mais Lidas


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.